Empate em Lajeado

Por Jonathan Silva

Mais uma vez, o Brasil viaja e consegue trazer um ponto para a Baixada. Em um campeonato difícil e com um grande nivelamento das equipes, pontuar fora de casa é importante. Desta vez, em Lajeado, o clube empatou em 1 a 1 com o Lajeadense. Wender marcou o gol rubro-negro. Erik fez o tento dos donos da casa. O próximo adversário Xavante é o Aimoré, na quarta (24), às 20h, no estádio Bento Freitas.

O Brasil queria o gol logo cedo e Diogo Oliveira foi incansável atrás deste objetivo. Primeiro, ele mandou uma bomba e o goleiro Lauro fez grande defesa. Depois, ele tabelou com Nena e chutou para fora. Mas, entre esses dois lances do Maestro rubro-negro, Erik acertou um lindo chute e abriu o placar para o Lajeadense.

Ramon foi outro a arriscar e ver Lauro fazer grande defesa. O Brasil ainda viu Nena aparar cruzamento e balançar as redes, mas Anderson Daronco anulou o gol, alegando mão do centroavante rubro-negro.

Aos 43, Xaro fez um bom cruzamento e Felipe Garcia cabeceou forte e viu a bola passar perto do gol do Lajeadense. Tamanha insistência foi recompensada. Em falta frontal, Xaro mandou uma pancada, Lauro não segurou a bomba e largou a bola no pés de Wender. O lateral não titubeou e sacudiu as malhas no estádio Alviazual. Tudo igual em Lajeado.

Na segunda etapa, Ramon tentou rasteiro de longe e Lauro fez boa defesa. Diogo Oliveira recuperou bola, tabelou com Nena e mandou para fora. Outro lance de perigo rubro-negro.

No fim da partida, Marcos Paraná recebeu bola de Gustavo Papa, ajeitou e mandou um foguete. Lauro, mais uma vez, evitou o gol da vitória Xavante.

Agora, o Brasil, que chegou ao quarto ponto na competição, enfrentará o Aimoré, na quarta (24), às 20h, no estádio Bento Freitas.

Ficha técnica:

Brasil: Eduardo Martini, Wender, Cirilo, Leandro Camilo, Xaro, Leandro Leite, Washington, Felipe Garcia, Diogo Oliveira (Marcos Paraná), Ramon (Galiardo) e Nena (Gustavo Papa). Técnico: Rogério Zimmermann

Lajeadense: Lauro; Rodrigo Vareta, Edson Borges, Gabriel, Rodrigo Cardoso, Maurinho, Lucas Marques, Murilo, Alan Bald (Danilo), Erick (Bahia) e Ícaro. Técnico: Rodrigo Carpeginni

Gols: Erik 22min1T; Wender 47min1T

Cartões amarelos: Rodrigo Cardoso, Edson Borges e Gabriel (L); Nena e Felipe Garcia (B)