Empate aquático

Por Jonathan Silva

Quem acompanhou a partida entre Brasil e Novo Hamburgo, seja pela televisão ou no estádio do Vale, estava incrédulo com as condições do gramado. Sob uma chuva torrencial, as duas equipes entraram em campo com um desafio maior do que vencer o adversário: conseguir escapar das poças. E foi por parar em uma delas que os donos da casa conseguiram o empate, depois do Brasil abrir o placar com Gustavo Papa de pênalti. O resultado levou o rubro-negro de volta à zona de classificação. O time do técnico Rogério Zimmermann é oitavo colocado com 12 pontos ganhos. Na próxima rodada, enfrentará, no domingo (27), às 19h, no Bento Freitas, o São José.

Nathan iniciou a partida ao lado de Gustavo Papa, e teve grande atuação. Foto: Jonathan Silva
Nathan iniciou a partida ao lado de Gustavo Papa, e teve grande atuação. Foto: Jonathan Silva

Com a bola rolando, ou melhor, com os atletas tentando fazê-la andar, o Brasil foi bravo em busca do gol. Aos 7 minutos, Gustavo Papa arriscou de longe e Bruno Fuso defendeu. Aos 17, Diogo Oliveira cobrou falta e Felipe Garcia desviou pelo lado esquerdo do gol do Nóia. Dois minutos depois, Gustavo Papa aproveitou cruzamento, cabeceou com força e Fuso defendeu.

Na etapa final, as redes foram balançadas. Aos 12, Felipe Garcia partiu em contra-ataque, deixou meio time do Novo Hamburgo para trás e quando ia concluir foi derrubado na área. Pênalti para o Brasil. Gustavo Papa com categoria cobrou e abriu o placar para o rubro-negro. Porém, aos 22, Kirus desviou de cabeça, a bola parou na poça e Saldanha – de carrinho – conseguiu empatar a partida.

Aos 34 minutos, um apagão deixou o estádio do Vale às escuras e o jogo paralisado por mais de 26 minutos. Quando voltou a luz, o Brasil teve duas chances. A primeira em falta frontal que Diogo Oliveira cobrou e Bruno Fuso fez um milagre e a segunda depois de cruzamento de Weldinho que Fuso voltou a defender.

O Brasil, com o resultado, chegou ao 12° ponto ganho no Gauchão 2016 e está na oitava colocação, ou seja, na zona de classificação à próxima fase. O próximo adversário é o São José, no domingo (27), às 19h, no estádio Bento Freitas.

Ficha técnica:

Brasil: Eduardo Martini, Weldinho, Cirilo, Fernando Cardozo, Brock, Leandro Leite, Washington, Diogo Oliveira (Nena), Felipe Garcia, Nathan (Galiardo) e Gustavo Papa. Técnico: Rogério Zimmermann.

Novo Hamburgo: Bruno Fuso, Celsinho, Diego Macedo, Ricardo Schneider, Jonathan, Amaral (Zulu), Neto, Juninho, Anderson Paraíba (Robinho), Saldanha e Kirus. Técnico: Gelsinho.

Gols: Gustavo Papa 13min2T (B); Saldanha 22min2T (NH).

Cartões Amarelos: Cirilo (B); Amaral (NH).