Brasil pelo Brasil

Por Jonathan Silva

Um dos principais objetivos rubro-negros nessa temporada é a permanência na Série B do Campeonato Brasileiro. E lá no final do ano, quando esse objetivo estiver sido alcançado, não haverá música mais apropriada aos rubro-negros: Você não sabe o quanto eu caminhei pra chegar até aqui. É bem verdade que a caminhada foi substituída por horas de estradas e vôos, mas a trajetória não será nada curta. Ao todo serão 57374 quilômetros percorridos pelo país. A rotina do time do técnico Rogério Zimmermann se dividirá entre o gramado e o piso dos aeroportos.

A Série B, por si só, já é peculiar. Diferentemente das outras competições até então disputadas, a segunda divisão nacional é longa: são 38 jogos. Com rodadas nas terça, sextas ou sábados, há uma certeza: é jogar no Bento Freitas e já partir pra estrada. Na carteira de viagem do grupo, carimbos dos mais diversos estados brasileiros. Serão 3 viagens para Goiás e Santa Catarina, duas para São Paulo e Paraná, e uma para o Ceará, Maranhão, Pernambuco, Mato Grosso, Alagoas, Bahia, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

E a peregrinação rubro-negra começou nesta quinta (19). A primeira das 19 viagens é para Goiânia. Amanhã (20), no estádio Serra Dourada, na capital de Goiás, o Brasil enfrentará o Atlético Goianiense. Apertem os cintos, Xavantes!