Na raça, na garra e com vitória

Por Jonathan Silva

No apagar das luzes, depois de uma grande partida, o Brasil foi coroado com mais três pontos na Série B do Brasileirão. Depois de sofrer o empate nos minutos finais, o time do técnico Rogério Zimmermann manteve a raça e foi buscar a justiça: Teco, aos 47, de cabeça, fez o 2 a 1 e garantiu o trunfo rubro-negro. Com o resultado, o clube chegou ao 19º ponto e na próxima rodada enfrentará o Londrina, no Paraná, na terça (28), às 19h15.

O frio, mais uma vez, foi presença constante na Serra Gaúcha. Mas o calor vindo das arquibancadas que, como sempre, teve a Maior e Mais Fiel apoiando, foi crucial. Com a bola rolando, aos 22, Marlon cobrou falta e a zaga do Bahia afastou. Dois minutos depois, Ramon tocou para Washington que acionou Marcos Paraná. O meia ajeitou e bateu com força. A bola passou pelo lado direito de Marcelo Lomba. Aos 41, em cobrança rápida de falta, Marlon cruza e Felipe Garcia, na pequena área, desvia. A bola raspa o travessão.

Felipe Garcia abriu o placar, e marcou o sexto gol na Série B. Foto: Carlos Insaurriaga
Felipe Garcia abriu o placar, e marcou o sexto gol na Série B. Foto: Carlos Insaurriaga

Na etapa final, o Brasil estufou o peito e gritou: a vitória, hoje, é nossa. E assim buscou os três pontos. No primeiro minuto, Clébson chutou forte, Lomba defendeu e soltou rebote para Ramon ajeitar e Washington chutar por cima. Aos 10, porém, a rede balançou no Centenário. Marlon tocou para Paraná, que com um leve toque acionou Ramon, o atacante entrou na área em velocidade e chutou com força, Marcelo Lomba fez a defesa, mas o rebote caiu nos pés do artilheiro rubro-negro na Série B. Felipe Garcia correu e empurrou a bola para a rede. Brasil 1 a 0.

Aos 26, em escanteio, Felipe Garcia desviou para Ramon, que na segunda trave, dominou e chutou. A bola explodiu na zaga e subiu, Leandro Camilo cabeceou e a bola beijou a trave direita de Lomba. No minuto seguinte, Clébson cruzou e Leandro Camilo tentou desviar de cabeça, a zaga baiana levou a bola para escanteio, com o braço e o pênalti não marcado. Aos 28, Nathan faz boa jogada pela esquerda de ataque e cruza para Ramon antecipar a zaga e cabecear com perigo.

Washington, aos 30, aproveitou rebote e chutou por cima. Aos 36, sem angulo, Clébson mandou uma bomba e quase marcou o segundo gol rubro-negro. Moisés, aos 43, cruzou rasteiro e a bola bateu em Marlon e entrou no gol do Brasil. Era o empate baiano.

O Brasil foi aguerrido, não se entregaria e, como gosta de uma boa peleia, foi atrás da vitória. Aos 45, Clébson lançou Felipe Garcia, que invadiu a área e chutou forte. A bola passou na frente do gol de Lomba e saiu pelo lado. Aos 46, Marlon cobrou falta para a área, a zaga cortou e Leandro Camilo bateu por cima. Era o prenúncio de que o gol sairia daquele jeito. No minuto seguinte, o último da partida, Marlon voltou a cobrar falta para a área e desta vez Teco subiu alto, cabeceou com força, estufou a rede do Bahia e colocou justiça no placar. Brasil 2 a 1.

Na raça, na garra, o Brasil venceu e chegou ao 19º ponto ganho na Série B. O próximo adversário é o Londrina, no estádio do Café, na cidade paranaense. A partida é na terça (28), às 19h15.

Ficha técnica: 

Brasil: Eduardo Martini, Weldinho, Leandro Camilo, Teco, Marlon, Leandro Leite, Washington, Diogo Oliveira (Clébson), Felipe Garcia, Marcos Paraná (Nathan) e Ramon (Nena). Técnico: Rogério Zimmermann.

Bahia: Marcelo Lomba, Danilo Pires, Lucas Fonseca, Éder, Moisés, Feijão, Juninho (Gustavo Blanco), Renato Cajá, Régis, Luisinho (João Paulo) e Thiago Ribeiro (Zé Roberto). Técnico: Aroldo Moreira.

Gols: Felipe Garcia  aos 10min2T, e Teco aos 47min2T (Br); Moisés aos 43min2T (Bh).

Cartões Amarelos: Leandro Leite, Felipe Garcia e Marlon (Br); Lucas Fonseca, Éder, Moisés, Luisinho e Juninho (Bh).

 

Brasil 2 x 1 Bahia – 12ª Rodada – Brasileiro Série B – Fotos Jonathan Silva e Carlos Insaurriaga

aIMG_9871
aIMG_9873
aIMG_9885
aIMG_9887
aIMG_9889
aIMG_9905
aIMG_9923
aIMG_9996
aIMG_9969
aIMG_9994
aIMG_9997
aIMG_9995