Cabeça erguida

Por Gustavo Pereira

Sequências de derrotas não têm sido comuns para o Brasil. Porém, nos últimos três jogos, o rubro-negro não somou pontos na Série B do Campeonato Brasileiro. Mesmo assim, a equipe segue no 9º lugar na tabela, com 45 pontos. Nesta sexta (21), uma semana antes da partida contra o Joinville, Teco e Marlon concederam entrevista coletiva falando sobre a importância de esquecer os reveses e manter o foco nos próximos compromissos.

“A gente vem fazendo bons jogos, principalmente dentro de casa. Infelizmente as vitórias não vieram. Continuamos trabalhando firme e forte, nos dedicando para termos uma outra arrancada boa agora como tivemos no primeiro turno”, afirmou Teco a respeito do panorama atual na Baixada.

Marlon prevê partida difícil contra o Joinville. Foto: Carlos Insaurriaga
Marlon prevê partida difícil contra o Joinville. Foto: Carlos Insaurriaga

O zagueiro aproveitou também para ressaltar a característica Xavante, um dos grandes trunfos para a boa campanha na competição nacional. “O descanso é fundamental pela sequência de jogos e também para o professor trabalhar e corrigir nossos erros. Ele sabe o que temos feito de certo e errado. Esperamos retornar diferentes, mas sem mudar o estilo de sempre”.

Teco ainda comentou sobre a inclusão do Brasil na Primeira Liga já de 2017. “Um calendário cheio era o que todo mundo queria. Nosso objetivo no começo da Série B era a permanência e estamos conseguindo. Agora teremos mais um campeonato com boa visibilidade, com grandes equipes. Ficamos felizes”.

Seguindo a mesma linha, Marlon também creditou os resultados negativos aos frequentes caprichos do futebol. “Nem parei para ver a notícia sobre a Primeira Liga, porque estamos focados na Série B. Enquanto tivermos chances, tentaremos o acesso. Às vezes acontece da bola não querer entrar. Vamos aprimorar da melhor maneira possível para tentar voltar a vencer”.

Por fim, o lateral destacou o nível de dificuldade do duelo diante dos catarinenses, que começa às 21h30 de sexta (21) na Arena Joinville. “A equipe está se dedicando, mas as vitórias não estão vindo. Sei como é difícil jogar contra o Joinville. Tentaremos chegar lá e fazer uma grande partida. Pensamos jogo a jogo, sempre nas vitórias para almejar algo a mais no campeonato”.