PRÉ-JOGO: Brasil x Grêmio

Por Gustavo Pereira

É com o reforço de mais 3 mil rubro-negros no estádio Bento Freitas que o Brasil encara o Grêmio, na noite desta quarta-feira (15), a partir das 19h30, para tentar seguir subindo na tabela do Campeonato Gaúcho. O jogo é válido pela 7ª rodada da competição e marca a “estreia” da nova arquibancada, o Módulo Milton Silva Peil, no ano de 2017. O setor, utilizado na Série B da temporada passada, foi novamente liberado pelo Corpo de Bombeiros e pela Brigada Militar ao longo da última semana.

Com sete pontos no estadual, a equipe de Rogério Zimmermann viu todas as outras partidas da rodada serem disputadas, e mesmo assim não saiu do grupo de classificados aos mata-matas. Em caso de vitória diante do Tricolor, o Xavante sobe para a 6ª posição – atualmente é 8º. O time dirigido por Renato Gaúcho soma 11 pontos, ocupa a 4ª colocação e busca voltar a triunfar na Baixada após 23 anos: desde 1994, foram sete duelos no caldeirão vermelho e preto, com duas vitórias Xavantes e cinco empates.

Anderson Daronco, auxiliado por Fabrício Lima Baseggio e Mateus Olivério Rocha. Quarto árbitro: Daniel Santos Noronha.

Sócios Xavantes com a mensalidade de MARÇO em dia fazem check-in por 10 reais. Torcedores em geral pagam 60 (estudantes e idosos 30). Os pontos de venda/check-in para os rubro-negros são a Central do Sócio do Bento Freitas, a Tribo Xavante da Rua Sete de Setembro e as lojas Hercílio Esquina e da Dom Joaquim. Os ingressos para a torcida visitante estão ESGOTADOS.

Rogério Zimmermann: “Há muitos motivos para o torcedor comparecer. É uma partida diferente, especial. O Brasil não atuou no final de semana e continua na zona de classificação. Evidente que um resultado positivo nos deixaria numa situação muito boa”.

“Do outro lado tem, com absoluta certeza, uma das melhores equipes do Brasil, que estreou muito bem na Libertadores. Sabemos da força deles e também da nossa força atuando aqui no Bento Freitas”.

“Nós temos um grupo pequeno, então não temos muitas alternativas para substituir o Leandro Leite (suspenso), mas todas são boas. Testamos todas as possibilidades, Nem, Wender e Galiardo. São jogadores que já desempenharam diferentes funções no meio”.

Marcinho: “Fico feliz de ter caído nas graças do torcedor, me adaptei muito rápido ao estilo de jogo do Brasil. Espero continuar assim”.

Lenílson: “É mais um jogo importante, difícil, contra uma equipe bem qualificada. Desde o início da competição, temos uma meta. Lógico que a cada partida, conforme o campeonato se afunila, as coisas vão ficando mais decisivas. Queremos sempre chegar ao topo”.

Leandro Camilo: “A preparação é sempre a mesma: muito trabalho, muito foco. O campeonato está embolado, muito difícil. Acompanhamos o Grêmio durante toda a competição e sabemos o que teremos pela frente”.

Gustavo Papa: “Será um jogo muito difícil, não preciso chegar aqui e falar da qualidade da equipe do Grêmio. Mas com o Bento Freitas lotado, com nossa torcida empurrando desde o primeiro minuto, esperamos fazer um grande jogo, mostrar nossa força e sair com um grande resultado”.

115 vezes:
– 17 vitórias do Brasil
– 61 vitórias do Grêmio
– 37 empates

6 de abril de 2016, pelas quartas de final do Campeonato Gaúcho, na Arena: Grêmio 4×1 Brasil, gol Xavante marcado por Brock.