Empate em casa

Por Gustavo Pereira

O Brasil empatou por 1 a 1 com o Caxias, na noite desta quinta-feira (23), no estádio Bento Freitas, pela 9ª rodada do Campeonato Gaúcho. Os dois gols da partida saíram em um intervalo de cinco minutos: aos sete do segundo tempo, Nem abriu o placar em cobrança de falta por baixo da barreira. Aos 12, porém, Geninho marcou para os grenás, de cabeça.

Com o resultado, o Xavante fica na 9ª colocação do estadual, tendo somado nove pontos na competição. O próximo compromisso, antepenúltimo da primeira fase, é já neste domingo (26), diante do Novo Hamburgo, outra vez na Baixada.

Os primeiros 45 minutos de jogo tiveram poucas chances de gol. As ações da partida estiveram concentradas na faixa central do campo. Mesmo assim, houve o que se destacar. Logo no primeiro minuto de bola rolando, por exemplo, Nem dominou na intermediária ofensiva e arriscou. A redonda subiu um pouco além do desejado, mas não passou longe do travessão grená.

O Caxias respondeu aos 12 e 21 minutos. Na primeira tentativa, o lateral-direito Gian levantou e, do outro lado, Reis bateu por cima da meta. Mais tarde, novamente Reis foi o protagonista do ataque visitante. A finalização do atacante, porém, não chegou sequer a exigir que Martini pulasse para tentar a defesa. Após minutos de muito equilíbrio no meio, o Brasil teve a melhor chance na etapa inicial já nos acréscimos: Juninho recebeu na área, girou e arrematou com muita força, parando em bela intervenção de Marcelo Pitol.

Já no segundo tempo, Nem mostrou que estava afiado nos chutes de longa distância. Aos cinco minutos, ele bateu de fora e Marcelo Pitol espalmou. Em seguida, aos sete, o camisa 11 finalmente foi recompensado pelo esforço. Em cobrança de falta frontal, ele bateu rasteiro, por baixo da barreira, e o goleiro não alcançou: 1 a 0. Só que o Caxias empatou logo na sequência, quando Geninho cabeceou para as redes depois de escanteio.

Aos 19, o time da Serra puxou contra-ataque rápido e Diego Miranda recebeu na cara do gol, mas Eduardo Martini defendeu. Com 30 no relógio, o goleiro Xavante apareceu para fazer bela defesa em chute de Júlio César. Aos 35 e 39, a dupla que ingressou na etapa final, Bruno Lopes e Rodrigo Silva, esteve perto do gol de desempate. Primeiro, o centroavante ajeitou e Bruno teve conclusão bloqueada na hora H. Depois, Rodrigo desviou de cabeça para conclusão perigosa do companheiro. Só que a igualdade persistiu até o fim: 1 a 1 na Baixada e hora de pensar na próxima decisão, contra o Novo Hamburgo.

Ficha técnica:

Brasil: Eduardo Martini; Wender (Éder Sciola), Cirilo, Teco e Marlon; Leandro Leite, Galiardo, Marcinho, Juninho (Bruno Lopes) e Nem; Gustavo Papa (Rodrigo Silva). Técnico: Rogério Zimmermann.

Caxias: Marcelo Pitol; Gian, Jean, Edson Borges e Juliano Tatto (Geninho); Marabá, Elyeser, Júlio César (Reinaldo), Wagner (Diego Miranda) e Reis; Reginaldo Júnior. Técnico: Luís Carlos Winck.

Gols: Nem, aos 7min2T (B) e Geninho, aos 12min2T (C).

Cartões amarelos: Teco e Galiardo (B); Wagner, Juliano Tatto, Gian, Reis e Marcelo Pitol (C).

 

Brasil 1 x 1 Caxias – 9ª Rodada – Gauchão 2017