Permanência garantida

Por Jonathan Silva

A história se repete: em 2018 o Brasil estará na elite do futebol gaúcho. Mais uma vez, o clube pelotense garantiu sua vaga entre os melhores times do estado. Porém, a edição 2017 se encerrou na noite desta quarta (29), em Passo Fundo. Jogando no Vermelhão da Serra, o Brasil perdeu por 2 a 1 para o time da casa e terminou na décima colocação da competição. Agora, o clube volta suas atenções para duas competições nacionais: a Primeira Liga – quando buscará a classificação contra o Fluminense, no dia 26 de abril – e a Série B do Brasileiro, que iniciará em 12 de maio.

Em campo, a equipe rubro-negra saiu perdendo logo aos oito minutos. O atacante Gênesis abriu o placar ao finalizar cruzamento rasteiro de Xaro. Aos 23, Marcinho pegou rebote de lance na área e carimbou o travessão com uma bomba.

No segundo tempo, Gênesis e Micael desperdiçaram boas chances para o Passo Fundo. Até que, aos oito minutos, Saldanha recebeu na área e deslocou Eduardo Martini para aumentar a vantagem dos mandantes. Com as entradas de Rodrigo Silva e Galiardo, o Brasil conseguiu atacar com mais frequências. Aos 18, Rodrigo Silva cabeceou no travessão depois de cobrança de lateral. Com 26 no relógio, Éder Sciola bateu escanteio e Mikael desviou contra a própria meta: 2 a 1.

Aos 29, Galiardo perdeu gol ao ser acionado por Bruno Lopes na área. Depois, em novo toque para trás de zagueiro do Passo Fundo, o goleiro Gustavo Silva fez grande defesa no cantinho. Na base da bola aérea, o Xavante seguiu ameaçando, e Rodrigo Silva testou para outra grande intervenção do arqueiro adversário. Mais tarde, aos 46, nos acréscimos, João Afonso roubou bola, chutou de longe e Gustavo Silva espalmou, evitando o empate.

O encerramento da participação rubro-negra no Gauchão 2017 faz com que o clube volte suas atenções para dois grandiosos desafios: a Primeira Liga, quando disputará contra o Fluminense a vaga na próxima fase da competição, e a Série B do Campeonato Brasileiro, com inicio previsto para 12 de maio.

Ficha técnica:

Passo Fundo: Gustavo Silva; Maicon, Rodolfo Mól (Cazumba), Sosa e Xaro; Alex, Rodrigo Possebon, Jessé, Mikael (Elyeu) e Saldanha; Gênesis. Técnico: Leocir Dall’Astra.

Brasil: Eduardo Martini; Éder Sciola, Cirilo, Teco e Marlon; Leandro Leite, João Afonso, Marcinho, Juninho (Galiardo) e Jean Silva (Bruno Lopes); Gustavo Papa (Rodrigo Silva). Técnico: Rogério Zimmermann.

Gols: Gênesis, aos 8min1T e Saldanha, aos 10min2T (PF); Mikael, contra, aos 26min2T (B).

Cartões amarelos: Rodolfo Mól, Xaro e Cazumba (PF); Juninho e João Afonso (B).

 

Passo Fundo 2 x 1 Brasil – 11ª Rodada – Gauchão 2017