Começo indesejado

Por Jonathan Silva

Não foi a estreia dos sonhos do Brasil. Embora o time comandado pelo técnico Rogério Zimmermann tenha lutado e buscado diversas vezes o gol, o placar foi paulista. Em Campinas, no estádio Brinco de Ouro, 2 a 0 para o Guarani, na partida de estreia dos dois clubes na Série B do Brasileiro. Agora, as atenções estão voltadas para o primeiro jogo do rubro-negro em casa. Na próxima terça, às 19h15, o Xavante enfrentará o Londrina, na segunda rodada do certame nacional.

A primeira chance de gol da partida foi logo no primeiro minuto de jogo. E foi rubro-negra. João Afonso ganhou bola no meio campo, avançou e bateu de fora da área para a primeira grande defesa de Leandro Santos. Aos 8, porém, um lance que pode ter determinado a história da partida. O lateral Gilton afastou a bola da defesa do Guarani e ela foi para o ataque onde encontrou Eliandro. O atacante bugrino, em clara posição de impedimento, dominou, correu, invadiu a área e tocou na saída de Eduardo Martini, abrindo o placar em um gol irregular.

O Brasil ainda tentou o empate aos 28 minutos da etapa inicial, quando Marlon cobrou escanteio e Rodrigo Silva cabeceou com muito perigo.

Na etapa final, o mesmo Rodrigo Silva levou perigo, aos 4 minutos, arriscando de fora da área. Porém, novamente quando o relógio chegou ao oitavo minuto, o Guarani chegou ao gol. Depois de cruzamento para a área, a bola sobrou para Eliandro que bateu, ela desviou e enganou Eduardo Martini. Era o segundo gol do Guarani.

Dez minutos depois, Marlon cobrou escanteio e Leandro Leite cabeceou com força, a bola explodiu no travessão e ia sobrando para Bruno Lopes, quando Lennon salvou. Quatro minutos depois, nova bola na área colocada por Marlon, Rodrigo Silva cabeceou, a bola beijou a trave direita e sobrou para Bruno Lopes. O atacante de primeira chutou para o gol e Leandro Santos ergueu o pé esquerdo e fez um milagre para salvar o gol Xavante.

Aos 28, Leandro Santos cobrou falta mal, a bola caiu nos pés de Bruno Lopes, que tentou do meio campo acertar o gol sem goleiro, mas não teve sucesso. No lance seguinte, Rafinha achou Éder Sciola, que invadiu a área e bateu cruzado, levando perigo ao gol do Guarani. Aos 34, Marlon cobrou falta, Evaldo cabeceou e o goleiro do Guarani evitou mais uma vez o gol rubro-negro. Aos 39, Gustavo Papa aproveitou sobra e ia empurrando para o gol, mas a sina Xavante se repetia: Leandro Santos fazia uma gigante defesa e evitava o gol. No último lance de perigo de jogo, aos 48, Bruno Lopes invadiu a área e deu um biquinho em direção ao gol. A bola – que teimou em não entrar no gol do Guarani – passou raspando a trave esquerda.

Se a estreia não foi a dos sonhos para o Brasil, não há tempo de lamento. O time comandado pelo técnico Rogério Zimmermann voltará suas atenções todas para a busca da primeira vitória na Série B, no seu primeiro jogo em casa. Na próxima terça (16), às 19h15, o desafio é diante do Londrina.

Ficha técnica

Brasil: Eduardo Martini, Éder Sciola, Evaldo, Teco, Marlon, Leandro Leite, João Afonso, Nem (Elias), Juninho (Rafinha), Bruno Lopes e Rodrigo Silva (Gustavo Papa). Técnico: Rogério Zimmermann
Guarani: Leandro Santos, Lennon, Genilson, Jussani, Gilton (Bruninho), Auremir, Evandro, Claudinho, Fumagalli (Juninho), Bruno Nazário e Eliandro (Caique). Técnico: Vadão

Gols: Eliandro, aos 8min1T e aos 8min2T (G)

Cartões Amarelos: João Afonso (B);Bruninho (G)

Guarani 2 x 0 Brasil – 1ª Rodada – Brasileiro Série B – Fotos Carlos Insaurriaga

IMG_6721
IMG_6762
IMG_6947
IMG_6935
IMG_6841
IMG_6850
IMG_6731
IMG_6802