Na raça!

Por Gustavo Pereira

O resultado de uma partida de futebol muitas vezes é decidido por um mero detalhe. Uma bola que bate na trave e não entra, uma defesa milagrosa, um erro inesperado. Na noite desta sexta (11), no estádio Bento Freitas, diante do Guarani, o Brasil conquistou uma grande vitória graças a um lance que simbolizou a atuação da equipe durante os 90 minutos. Aos 37 da etapa final, Lincom, matador como de costume, aproveitou jogada de Misael e, num bate-rebate, mandou para o fundo das redes, na raça. Foi o gol solitário do fundamental triunfo por 1 a 0, o segundo consecutivo do rubro-negro na Série B do Brasileirão.

Os três pontos levam o time Xavante aos 27 na competição nacional. A 20ª rodada termina neste sábado e, por enquanto, os comandados de Clemer ocupam a 10ª colocação. O elenco vermelho e preto, porém, não tem descanso: na terça (15), às 19h15, no Estádio do Café, há novo compromisso marcado, desta vez diante do Londrina.

Com a bola rolando, o Brasil teve duas chances claríssimas logo de cara. Aos quatro minutos, Teco ficou com sobra na área e bateu, mas o zagueiro Diego Jussani evitou o gol do camisa 4 Xavante. Três minutos mais tarde, Itaqui pegou outro rebote após escanteio e soltou uma pancada, assustando Leandro Santos. Aos 11, um chute de Betinho foi o primeiro bom lance do Guarani. Aos 14, Lenon também arriscou com perigo para Marcelo Pitol.

Diante do equilíbrio do confronto pelo chão, o Brasil sabia da importância de tentar o gol na bola parada. Aos 20, por exemplo, Itaqui mandou falta na direção da meta, encobriu o goleiro e viu a redonda carimbar o travessão. Em seguida, duas cabeçadas também quase acabaram em abertura do placar. Primeiro Juninho e depois Marcinho. Repetindo a eficiência na jogada aérea, o Xavante até marcou. No entanto, a arbitragem assinalou impedimento quando Lincom cabeceou e parou em Leandro Santos antes de Teco colocar para o gol na sobra. Antes da ida aos vestiários, Pitol cresceu para cima do atacante Eliandro e manteve o marcador zerado.

Na volta para a etapa final, os paulistas começaram em cima. Aos três, Eliandro arrematou de fora da área, a bola quicou no morrinho artilheiro e Pitol teve dificuldades para espalmar. Logo na sequência, Misael substituiu Juninho e, aos oito minutos, cabeceou para baixo, exigindo grande defesa do goleiro bugrino. Aos 22, Ednei – que havia ingressado pouco antes na vaga de Rafinha – cobrou falta por cima da barreira e outra vez Leandro Santos impediu o tento vermelho e preto.

Se passaram minutos de muito equilíbrio nas ações da partida, que parecia tomar mesmo o rumo do 0 a 0. Até que, aos 37 minutos, quando William Ribeiro já substituíra Marcinho, o Brasil conseguiu o gol da vitória. Pela esquerda, Misael recebeu de Breno e partiu para cima do zagueiro. Rente à linha de fundo, o recém-chegado – que teve nova bela atuação – conseguiu o drible, abriu espaço e achou Lincom no centro da área. Inicialmente, o domínio do camisa 9 não foi dos melhores, mas ele insistiu e como bom matador, mandou a bola pro fundo da rede após dividir com a defesa e ganhar na raça. Era o alívio, o gol fundamental que daria os três pontos ao rubro-negro.

O Bugre tentou em duas finalizações de fora, mas a de Lenon foi para fora e a de Juninho parou em Marcelo Pitol. Não havia nada que tirasse os três pontos conquistados de forma brilhante pelo Brasil. É hora de começar a olhar para a parte de cima da tabela da Série B, com os pés no chão. É hora também de focar todas as atenções no duelo contra o Londrina, terça (15), às 19h15, no Paraná.

Ficha técnica:

Brasil: Marcelo Pitol; Éder Sciola, Leandro Camilo, Teco e Breno; Leandro Leite, Itaqui, Marcinho (William Ribeiro), Rafinha (Ednei) e Juninho (Misael); Lincom. Técnico: Clemer.

Guarani: Leandro Santos; Kevin, Diego Jussani, Léo Rigo e Gilton; Lenon, Betinho, Luiz Fernando (Juninho), Fumagalli (Caíque) e Richarlyson; Eliandro (Rentería). Técnico: Vadão.

Gol: Lincom, aos 37min2T (B).

Cartões amarelos: Lincom, Rafinha e Leandro Leite (B); Gilton, Richarlyson, Léo Rigo e Luiz Fernando (G).

Brasil 1 x 0 Guarani – 20ª Rodada – Fotos Carlos Insaurriaga e Jonathan Silva

aIMG_1502
aIMG_1511
aIMG_1517
aIMG_1528
aIMG_1466
aIMG_1543
aIMG_1566
aIMG_1608
aIMG_1601
aIMG_1618
aIMG_1635
aIMG_9708
aIMG_9849
aIMG_9856
aIMG_9889