Derrota em Londrina

Por Gustavo Pereira

O momento do Brasil era bom, com duas vitórias conquistadas em sequência. Foram sete pontos ganhos dos últimos nove disputados. Mas na noite desta terça-feira (15), em jogo que abriu a 21ª rodada da Série B do Brasileirão, a equipe Xavante não conseguiu pontuar. Diante do Londrina, derrota por 4 a 1 no Estádio do Café.

Na etapa inicial, Artur abriu o placar a favor dos mandantes, antes de Itaqui deixar tudo igual. Depois, Carlos Henrique voltou a deixar os donos da casa na frente. Já no segundo tempo, Reginaldo e Edson Silva deram números finais ao duelo.

A derrota faz com que o Brasil estacione nos 27 pontos na competição nacional, por enquanto no 12º lugar. O próximo compromisso dos comandados de Clemer está marcado para a terça que vem (22), no estádio Bento Freitas, contra o Goiás, a partir das 19h15. Será a última partida antes da parada de duas semanas para a Data Fifa.

Com a bola rolando, logo no começo o Londrina saiu na frente. Em contragolpe, Artur recebeu na cara de Marcelo Pitol e soltou uma bomba sem chances para o goleiro rubro-negro: 1 a 0. Mesmo com o tento sofrido nos primeiros lances, a equipe Xavante não esmoreceu e partiu na busca do empate. Aos sete, Lincom ficou com sobra na meia-lua e arrematou para fora. O adversário respondeu com chute perigoso de Artur, e Lincom voltou a ameaçar com boa finalização à direita da meta.

Quando o relógio marcava 16 minutos, o time vermelho e preto igualou o resultado. Pela direita, Marcinho foi lançado e cruzou por baixo. A bola passou por Lincom e chegou até Itaqui. O capitão da noite dominou e concluiu. Contando com o desvio na zaga, ele viu a redonda morrer no fundo das redes: 1 a 1. Ainda no primeiro tempo, o Londrina iniciou pressão para vencer em casa. Aos 25, Dirceu cabeceou no travessão de Pitol, e aos 45 o goleiro do Brasil espalmou batida forte de Ayrton. A etapa inicial dava pinta de que terminaria empatada, mas Carlos Henrique acertou uma pancada para recolocar os mandantes na frente: 2 a 1.

Na volta dos vestiários, já com Rafinha na vaga do lesionado Marcinho, o Xavante viu a vantagem rival aumentar aos dez minutos. Após receber em leve condição de impedimento, o lateral-direito do Londrina, Reginaldo, tentou cruzar e acabou encobrindo Marcelo Pitol. Lance de rara felicidade que subiu o 3 a 1 no marcador. Os momentos pós-terceiro gol acabaram sendo fatais para o rubro-negro. Aos 14, Edson Silva aproveitou cobrança de escanteio e testou sem chances para Pitol: 4 a 1.

Já com a situação na partida bastante complicada pelo placar adverso, Clemer buscou mexidas na equipe. Tendo apenas duas modificações disponíveis, o comandante trocou Nem e Misael por William Ribeiro e Ednei. O confronto seguiu movimentado. Aos 22, Carlos Henrique finalizou rasteiro e Marcelo Pitol tirou o gol com os pés. Celsinho e Artur também levaram perigo à meta vermelha e preta. De fora da área, Rafinha esteve próximo do tento de desconto, mas a linda conclusão teve como destino o travessão adversário.

Na reta final do duelo, Marcelo Pitol apareceu outra vez para fazer um milagre em cabeçada de William Henrique. O Brasil, por outro lado, não desistia apesar da situação delicada. Aos 39 minutos, William Ribeiro arrancou por dentro, tocou na saída do goleiro mas não descontou porque Reginaldo tirou a bola dentro da pequena área. Em seguida, Rafinha tentou de fora da área novamente e parou em César, com defesa firme.

Já quase nos acréscimos, Ednei cobrou uma falta frontal com perigo ao gol. Em sobra de lance na área, William Ribeiro pegou de perna direita, por cima. A noite, porém, foi infeliz para o Brasil. É hora de, mais uma vez, levantar a cabeça e trabalhar. Resta uma semana até outro jogo importante pela Série B do Campeonato Brasileiro: dia 22, terça que vem, diante do Goiás, no estádio Bento Freitas.

Ficha técnica:

Londrina: César; Reginaldo, Dirceu, Edson Silva e Ayrton; Rômulo, Jardel, Artur, Celsinho (Patrick Vieira) e Safira (William Henrique); Carlos Henrique (Anderson Aquino). Técnico: Cláudio Tencati.

Brasil: Marcelo Pitol; Éder Sciola, Leandro Camilo, Teco e Breno; João Afonso, Nem (William Ribeiro) e Itaqui; Marcinho (Rafinha), Lincom e Misael (Ednei). Técnico: Clemer.

Gols: Artur, aos 3min1T, Carlos Henrique, aos 46min1T, Reginaldo, aos 10min2T, e Edson Silva, aos 14min2T (L); Itaqui, aos 16min1T (B).

Cartões amarelos: Rômulo, Jardel, Safira e William Henrique (L); Leandro Camilo, Breno e Nem (B).

Londrina 4 x 1 Brasil – 21ª Rodada – Fotos Jonathan Silva

aIMG_0269
aIMG_0258
aIMG_0237
aIMG_0290
aIMG_0338
aIMG_0324
aIMG_0400
aIMG_0369
aIMG_0414