Ponto precioso

Por Jonathan Silva

Longe de casa, mais precisamente no estádio Serra Dourada, o Brasil conquistou mais um ponto na sua caminhada em busca do seu objetivo de permanecer na Série B. Contra o Vila Nova, time que está no G4, os comandados do técnico Clemer marcaram com um golaço de Éder Sciola. Com outro golaço, mas de Fernando Medeiros, o Vila Nova decretou o 1 a 1 do placar, na tarde deste sábado (30).

Com o resultado, o rubro-negro chega a 34 pontos na competição, ainda no 11º lugar. Agora, o adversário Xavante é o Juventude, na próxima terça (3), no estádio Bento Freitas, às 21h30. Outra vez, a presença e o apoio da Maior e Mais Fiel é fundamental. O check-in está aberto e duas promoções são válidas até às 18h30 de segunda (2) para que a Baixada esteja lotada.

Em Goiânia, o Brasil foi bravo em campo. Diminuiu os espaços e o poder ofensivo do Vila Nova e, em momento algum, abdicou de atacar. Já no primeiro minuto, o goleiro goiano Luis Carlos precisou abandonar a meta e correr para alcançar a bola antes de Calyson. Aos 7, Itaqui cobrou falta para a área, a bola foi desviada e ia sobrando para Éder Sciola, na pequena área, concluir. Mais uma vez Luis Carlos evitou o gol Xavante. Aos 12, Marcinho driblou os marcadores e acionou Calyson, que cruzou e viu a zaga cortar.

Éder Sciola acertou um bonito chute para abrir o placar. Foto: Carlos Insaurriaga
Éder Sciola acertou um bonito chute para abrir o placar. Foto: Carlos Insaurriaga

O gol Xavante ia se desenhando e, se na primeira vez Luis Carlos evitou, aos 19 não teve jeito. Itaqui cobrou falta para a área, a zaga goiana cortou e ela caiu no pé de Éder Sciola, na linha da grande área. O lateral dominou, ajeitou, escolheu o canto e bateu com muita categoria. A bola entrou no ângulo direito de Luis Carlos. Um golaço e Brasil 1 a 0.

Aos 36, outra falta cobrada por Itaqui e a bola, desta vez, sobrou para Calyson bater pelo lado do gol de Luis Carlos. No último lance de perigo do primeiro tempo, Elias cobrou falta aos 46 e o goleiro do Vila Nova fez boa defesa.

A etapa final se apresentou com o Vila Nova tentando de todas as formas o empate e uma segura defesa rubro-negra evitando. Calyson, na primeira volta do cronômetro, tentou entrar a dribles na área, mas foi desarmado. Nem, aos 31, cobrou falta rasteira para Éder Sciola. O lateral foi a linha de fundo e cruzou, mas a zaga conseguiu mandar para escanteio. Se o Brasil buscava contra-atacar o Vila Nova, os donos da casa tentavam a todo custo empatar. E conseguiram. Aos 43, Fernando Medeiros, de fora da área, acertou um raro chute. A bola entrou no ângulo esquerdo de Marcelo Pitol. Indefensável. O chute decretou o placar em Goiânia: 1 a 1.

O ponto conquistado dá ao Brasil o seu 34° na Série B. Agora, o time rubro-negro terá outra batalha na competição: na próxima terça (3), Às 21h30, enfrenta o Juventude, no estádio Bento Freitas. Mais uma vez, a força da torcida Xavante será fundamental para empurrar os guerreiros em busca da vitória. Para esta partida, está aberto o check-in e duas promoções de ingressos são válidas até às 18h30 de segunda (2). Confira mais informações no serviço de jogo. Vamos lotar a Baixada. Avante!

Ficha técnica:

Vila Nova: Luis Carlos; Magno Silva, Alemão, Wesley Matos e Gastón; Geovane, PH (Fernando Medeiros), Lourency (Tiago Adan), Alan Mineiro e Alípio (Ruan); Moisés. Técnico: Hemerson Maria.

Brasil: Marcelo Pitol; Éder Sciola, Leandro Camilo, Evaldo e Breno (Nem); João Afonso, Itaqui, Calyson, Elias (Misael) e Marcinho; Lincom (Cassiano). Técnico: Clemer.

Gols:  Éder Sciola, aos 19min1T (B) e Fernando Medeiros, aos 42min2T (V).

Cartões amarelos: Evaldo, Breno, João Afonso e Lincom (B); Magno Silva, Geovane, Alan Mineiro, Gastón e Luis Carlos (V).

Vila Nova 1 x 1 Brasil – 27ª Rodada – Fotos Carlos Insaurriaga

aIMG_4278
aIMG_4331
aIMG_4342
aIMG_4350
aIMG_4295
aIMG_4374
aIMG_4391