Ponto resgatado

O Brasil empatou por 1 a 1 com o Santa Cruz, na tarde deste sábado (21), no estádio Bento Freitas. Em jogo válido pela 31ª rodada da Série B do Brasileirão, a equipe Xavante, estreando o novo uniforme, saiu perdendo na etapa inicial, com gol de João Ananias. No segundo tempo, Marlon cobrou pênalti e deixou tudo igual: 1 a 1.

Com o ponto resgatado aos 28 minutos na reta final do jogo, o rubro-negro chega aos 39 na competição e é 11º colocado. Na próxima sexta-feira (27), se inicia uma sequência de duas partidas fora. Às 20h30, o adversário será o Oeste, na Arena Barueri.

A primeira chance de gol surgiu aos cinco minutos, em cobrança de escanteio desviada que Evaldo completou por cima, dentro da pequena área. Em batidas de fora da área, Calyson, pelo Brasil, e Anderson Salles, do Santa Cruz, até tentaram, mas não levaram perigo. Quando o relógio apontava 28 minutos de jogo, Marcinho partiu para um bom lance individual e concluiu para defesa firme do goleiro Júlio César.

No minuto seguinte, os pernambucanos abriram o placar. Em contragolpe veloz pela direita, Ricardo Bueno cruzou e encontrou João Ananias na área. Ele dominou e colocou no canto de Marcelo Pitol para fazer 1 a 0. Na sequência, em escanteio batido com efeito, Marlon quase igualou – mais tarde, ele finalmente conseguiria o tento de empate. Aos 36, Marcinho recebeu em profundidade de Calyson e mandou para Júlio César segurar.

Para o segundo tempo, Clemer trocou Calyson e Elias por Rafinha e Misael. E o Xavante voltou melhor. Aos dois minutos, Marlon bateu falta frontal colocada, a bola desviou levemente na barreira e raspou o travessão. Em seguida, Rafinha mandou na área e Marcinho tocou perigosamente. Aos seis, novamente Marcinho: em velocidade, após lançamento de Rafinha, o camisa 11 saiu na cara de Júlio César e não marcou porque o goleiro do Santa defendeu com o pé.

Em falta muito próxima da área, Anderson Salles assustou o gol de Marcelo Pitol. E logo aos 10 minutos, o Brasil já havia feito as três alterações, com a entrada de Juninho na vaga de Lincom. O time rubro-negro conseguiu finalmente empatar aos 28 minutos. Dentro da área, Juninho foi derrubado por Yuri. Com tranquilidade, Marlon deslocou o goleiro e subiu o 1 a 1 no marcador.

Aos 33, Rafinha mandou falta fechada na direção do gol e Júlio César se esticou para salvar. Na parte final do jogo, o Santa, precisando urgentemente da vitória para escapar do rebaixamento, passou a pressionar o Brasil. Na melhor chance do rival, Marcelo Pitol apareceu para espalmar chute no canto de William Barbio. O árbitro finalizou a partida aos 48 minutos e o empate foi confirmado: 1 a 1, 39 pontos na Série B e o momentâneo 10º lugar – na pior das hipóteses, 11º. Hora de virar a chave e trabalhar para enfrentar o Oeste.

Ficha técnica:

Brasil: Marcelo Pitol; Éder Sciola, Leandro Camilo, Evaldo e Marlon; João Afonso, Nem, Marcinho, Calyson (Rafinha) e Elias (Misael); Lincom (Juninho). Técnico: Clemer.

Santa Cruz: Júlio César; Nininho, Guilherme Mattis, Anderson Salles e Yuri; Derley, Wellington Cézar e João Ananias; Jeremias (William Barbio), Ricardo Bueno (Halef Pittbull) e Grafite (André Luís). Técnico: Marcelo Martelotte.

Gols: João Ananias, aos 29min1T (S), e Marlon, aos 28min2T (B).

Cartões amarelos: João Afonso, Éder Sciola, Nem e Evaldo (B); Nininho, Guilherme Mattis, Derley e Yuri (S).

Brasil 1 x 1 Santa Cruz – 31ª Rodada – Fotos Carlos Insaurriaga e Jonathan Silva

aIMG_5028
aIMG_5054
aIMG_5017
aIMG_5086
aIMG_5147
aIMG_5165
aIMG_5196
a_MG_6048
aIMG_5234
a_MG_5935
a_MG_6051
IMG_5204