Estreia avassaladora

Por Jonathan Silva

Nem o mais otimista rubro-negro esperava uma vitória na estreia do Gauchão diante de um tradicional adversário. Se é clássico gaúcho e tem festa da Maior e Mais Fiel, os rubro-negros não escrevem outra história do que com vitória. Na arrancada do Campeonato Gaúcho, o Brasil venceu o Juventude, por 3 a 1, na noite desta quarta (17), no estádio Bento Freitas. Luiz Eduardo, o centroavante matador, balançou duas vezes a rede. Itaqui, em um golaço de falta, marcou o outro gol rubro-negro. O próximo adversário do time comandado pelo técnico Clemer é o Cruzeiro, no próximo domingo (21), 19h30, no estádio Vieirão, em Gravataí.

O Brasil mostrou, desde o começo, que dentro do Bento Freitas e na estréia do estadual, os três pontos seriam conquistados de qualquer fora. Neutralizou o Juventude, atacou com força e o principal: balançou as redes. Logo aos 4 minutos, Itaqui cobrou falta pra área e Luiz Eduardo cabeceou para defesa do goleiro do Juventude. As redes balançaram aos 13 minutos. Mossoró foi lançado em velocidade, invadiu a área e foi derrubado. Pênalti para o Brasil. Luiz Eduardo colocou a bola na marca da cal. Torcida vibrando, artilheiro marcando. O camisa 9 estufou as redes de Matheus Cavichioli. Brasil 1 a 0.

Quando a bola rolou para o segundo tempo, a Maior e Mais Fiel sentiu que não seria apenas um gol que aconteceria esta noite. Apoiando o rubro-negro, ela viu foi um golaço. Aos 9 minutos, falta frontal para o Brasil. Itaqui ajeitou com carinho, olhou Matheus Cavichioli e bateu. A bola entrou no ângulo direito do Juventude. Um gol de placa. Brasil 2 a 0. Aos 17, Queiroz bateu pênalti e descontou para o Juventude.

Mas o artilheiro matador tava impossível. Aos 39, Alisson Farias fez uma jogada de respeito. Em velocidade, driblou dois marcadores, invadiu a área e cruzou rasteiro. Sabe quem tava lá pra tocar na bola e sacudir as redes? Ele, Luiz Eduardo, o artilheiro Xavante. Bola no fundo da rede, Maior e Mais Fiel vibrando nas arquibancadas. Brasil 3 a 1.

Quando Daniel Nobre Bins apitou o fim da partida, a sintonia entre Brasil e torcida mais uma vez cravou a máxima de que, lado a lado, são uma fortaleza. O Brasil agora volta a campo no domingo (21), às 19h30, contra o Cruzeiro, no Vieirão.

Ficha técnica:

Brasil: Marcelo Pitol, Éder Sciola, Leandro Camilo, Heverton, Bruno Collaço, Leandro Leite, Itaqui (Calyson), Mossoró, Alisson Farias, Dudu (Toty) e Luiz Eduardo (Matheus Lima). Técnico: Clemer

Juventude: Matheus Cavichioli, Vidal, Micael, Mauricio, Mateus Santana, Amaral (Caprini), Bruninho (Douglas Kemmer), Fellipe Matheus (Gabriel Valentini), Bruno Ribeiro, Jô e Guilherme Queiróz. Técnico: Antônio Carlos Zago

Gols: Luiz Eduardo, aos 13min1T e aos 39min2T, e Itaqui, aos 9min2T (B); Queiroz, aos 17min2T.

Cartões Amarelos: Leandro Leite, Luiz Eduardo e Marcelo Pitol (B); Micael e Jô (J).

Brasil 3 x 1 Juventude – 1ª Rodada – Gauchão 2018 – Fotos Jonathan Silva

aIMG_8610
aIMG_8568
aIMG_8692
aIMG_8651
aIMG_8698
aIMG_8644
aIMG_8715
aIMG_8808
aIMG_8723
aIMG_8846
aIMG_8869
aIMG_8877
aIMG_8885
aIMG_8907
aIMG_8954
aIMG_8947
aIMG_8908
aIMG_8963
aIMG_9025
aIMG_8977
aIMG_8997