Por um detalhe

Por Jonathan Silva

Foram noventa minutos de dar gosto no torcedor rubro-negro. É bem verdade que o resultado não foi melhor por um detalhe, mas a atuação da equipe comandada pelo técnico Rogério Zimmermann mostrou um grande futebol. Felipe Garcia, o destaque do jogo, marcou o gol Xavante no empate em 1 a 1 com o Ypiranga de Erechim. Agora, na quarta rodada do Gauchão 2016, no sábado, 17h, em Vacaria, no estádio Altos da Glória, o Brasil enfrentará o Glória.

O Brasil começou pressionando, sufocando o adversário e sacudindo a Maior e Mais Fiel. No primeiro minuto, Felipe Garcia aproveitou cruzamento de Wender e quase marcou. Aos 9, porém, Diogo Oliveira cobrou falta com perfeição, Garcia esticou-se todo e colocou ela no fundo das malhas. Alegria no Bento Freitas. Brasil 1 a 0.

Torcida Xavante reencontrou o estádio Bento Freitas, no empate com o Ypiranga. Foto: Jonathan Silva
Torcida Xavante reencontrou o estádio Bento Freitas, no empate com o Ypiranga. Foto: Jonathan Silva

Aos 13, Eduardo Martini fez uma grande defesa em cobrança de falta de Wesley. Aos 20, a zaga do time visitante afastou e Leandro Leite, de cabeça, deixou Nena na cara do gol. O centroavante tirou do goleiro, mas a bola saiu pelo lado do gol. Dois minutos depois, Diogo Oliveira bateu falta, Dudu espalmou e Wender, no reflexo, bateu. A bola explodiu na trave esquerda do Ypiranga. Aos 26, Ramon cruzou, a bola desviou na zaga e quase entrou.

Nena, aos 31, recebeu lançamento e bateu por cima. No último lance do primeiro tempo, Washington chutou por cima em chute frontal.

A segunda etapa começou como a primeira: com Felipe Garcia incomodando o adversário. Aos 2 minutos, ele rouba bola, invade a área, é derrubado e o árbitro Daniel Nobre Bins nada marca. Aos 6, porém, Tulio Renan acertou um belo chute de fora da área e empatou a partida. Aos 16, Diogo Oliveira bateu falta para fora. Aos 34, Marcos Paraná cobrou falta com perfeição  e Gustavo Papa cabeceou. A zaga do Ypiranga conseguiu cortar e ela explodir na trave.

Gustavo Papa, aos 42, escorou para Galiardo que cruzou na cabeça de Diogo Oliveira. O meia subiu alto e cabeceou por cima. Aos 46, novamente Galiardo. Desta vez, ele fez boa jogada pela esquerda e bateu firme. Dudu salvou o gol da vitória rubro-negra. Aos 49, Marcos Paraná colocou a bola na área, Gustavo Papa tentou, mas a zaga do Ypiranga conseguiu cortar e evitar a vitória do Brasil.

Agora, o time do técnico Rogério Zimmermann viaja até Vacaria, onde, no sábado (13), às 17h, enfrenta o Glória, na busca da primeira vitória no certame estadual.

Ficha Técnica:

Brasil: Eduardo Martini, Wender, Leandro Camilo, Fernando Cardozo, Xaro, Leandro Leite, Washington, Felipe Garcia (Marcos Paraná), Diogo Oliveira, Ramon (Galiardo) e Nena (Gustavo Papa). Técnico: Rogério Zimmermann

Ypiranga: Dudu, Marcio, Negretti, Wesley, Jessé, Diego Augusto, Robson, Jardel (Rodolfo), João Paulo, Danilo (Jucemar), Tulio Renan. Técnico: Leocir D.

Gols: Felipe Garcia 9min1T (B); Túlio Renan 6min2T (Y)

Cartões Amarelos: Wender, Fernando Cardozo e Leandro Leite (B); Wesley, Jessé, Robson e Tulio Renan (Y)