Mais um ponto

Na partida mais distante do calendário do Gauchão 2016, o Brasil conquistou um importante empate. Jogando no Altos da Glória, em Vacaria, na estreia do agora reformado estádio, o time do técnico Rogério Zimmermann empatou em 1 a 1, na tarde deste sábado (13). Nena, de pênalti, marcou o gol Xavante. Já Paulista, também em cobrança de penalidade, empatou para os donos da casa. Com o resultado, o rubro-negro chegou ao terceiro ponto ganho na competição.

O Brasil precisou de apenas oito minutos para mostrar que não era apenas um simples adversário. Ramon roubou a bola e, do meio do campo, arriscou. A bola passou perto da trave esquerda de Rafael. Aos 21, Diogo Oliveira fez boa jogada pela direita e tocou para Felipe Garcia. O jogador, na meia lua da grande área, chutou com perigo e viu a bola tirar tinta da trave esquerda do time de Vacaria.

Na segunda partida como titular, Felipe Garcia teve novamente grande atuação. Foto: Jonathan Silva
Na segunda partida como titular, Felipe Garcia teve novamente grande atuação. Foto: Jonathan Silva

Aos 24, Felipe Garcia lançou Ramon que ajeitou e foi bloqueado por Luanderson. Aos 35, Xaro foi à linha de fundo e cruzou, Nena foi agarrado na área e Francisco Silva Neto marcou a penalidade. O próprio artilheiro foi pra cobrança, deslocou o goleiro e balançou as redes, para a alegria da Maior e Mais Fiel que mais uma vez viajou e apoio o time pelotense. Brasil 1 a 0.

Ainda no primeiro tempo, Diogo Oliveira lançou Xaro, que cruzou para Nena cabecear por cima e quase marcar o segundo gol Xavante na partida.

Na segunda etapa, Diogo Oliveira, aos 3, fez linda jogada e lançou Ramon. O jovem bateu firme, tirou do goleiro e viu a bola caprichosamente sair pelo lado da meta do Glória. Um lance perigoso. Felipe Garcia recebeu passe de Diogo Oliveira, aos 28, e bateu colocado. O goleiro Rafael passou trabalho para agarrar o chute do meia rubro-negro. Aos 33, porém, Paulista, em cobrança de pênalti, deixou tudo igual no Altos da Glória.

O Brasil ainda teve uma grande chance no final da partida. Marcos Paraná tocou para Márcio Hahn, que dominou a bola e quando ia marcar o gol da vitória, foi travado pela zaga adversária. Final igual em Vacaria.

O próximo desafio rubro-negro no Gauchão 2016 é contra o Lajeadense, no domingo (21), às 19h30, na estádio Alviazul, em Lajeado.

Ficha Técnica:

Brasil: Eduardo Martini, Wender, Leandro Camilo, Teco, Xaro, Leandro Leite, Washington, Felipe Garcia (Marcos Paraná), Diogo Oliveira (Márcio Hahn), Ramon (Galiardo) e Nena. Técnico: Rogério Zimmermann

Glória: Rafael, Jhon Lennon, Danilo, Alisson, Márcio Goiano, Luanderson, Elyeser (Vinicius), Cleiton, Leandro (Paulista), Calyson e Giancarlo (Germano). Técnico: Clemer

Gols: Nena 34min1T; Paulista 33min2T

Cartões Amarelos: Wender, Teco e Diogo Oliveira (B); Alisson, Luanderson e Simão (G).