Valeu, campeão!

Por Jonathan Silva

Não há um apaixonado por futebol que deixe de reconhecer a importância de Márcio Hahn para o esporte gaúcho. Não há, também, nenhum Xavante que deixe de valorizar os feitos do meia ao longo de mais de 100 jogos com a camisa rubro-negra. Em duas passagens vestindo o manto vermelho e preto, Hahn colecionou histórias, conquistas e ganhou um lugar no coração da Maior e Mais Fiel. Depois de três anos, chegou a hora da despedida. O Brasil – e sua intensa e apaixonada torcida – agradecem toda a dedicação, esforço, raça e suor do meia vestindo a camisa rubro-negra.

O primeiro contato de Márcio Hahn com o Brasil aconteceu na disputa da Série C de 2010, ano em que ostentava a braçadeira de capitão do time rubro-negro. Depois, o meia voltou em 2013 e foi elemento importante para o triênio de ouro do Brasil. Conquistou o título da Divisão de Acesso 2013 e saboreou a volta do clube à elite do futebol gaúcho. Colocou mais dois títulos do Interior em seu vitorioso currículo e está eternizado na história vermelha e preta ao participar dos acessos à Série C e Série B do Campeonato Brasileiro.

Márcio, a Direção do GE Brasil, a Comissão Técnica, os atletas e todos os funcionários do clube que tiveram o honroso convívio contigo, te desejam todo o sucesso nas novas etapas da vida. Valeu, campeão!