Sair no bom momento

Por Conselho Deliberativo

À frente do Conselho Deliberativo do Grêmio Esportivo Brasil desde setembro de 2012, Adriano de León Soares, Fábio Brod de Lemos, Raphael Vianna e Mariana Vighi – ainda teve Maria Amélia Costa no primeiro mandato, como secretária -, encerram o segundo mandato dia 15 de setembro.

Embora fosse possível a reeleição, a exemplo do que também é garantido para o presidente Ricardo Fonseca, na diretoria, em razão da vigência do PROFUT datar de 2015, o presidente do Conselho Adriano entende que os ciclos no Clube devem se renovar com mais brevidade a fim de que outros Xavantes (ou quem ainda não exerceram cargos nos segmentos do rubro-negro) tenham suas oportunidades, para incrementar a pluralidade de forças e aumentar o sempre necessário envolvimento do maior número possível de colaboradores na instituição.

Preocupado com isso, e sabedor por experiência própria vivida no exercício de vice-presidências executivas em anos anteriores, quando a busca de solução a certos infortúnios se resumia ao alcance apenas de poucos (e mesmos), o presidente do Conselho vê como salutar ao futuro do GEB a iniciativa de abrir mão da manutenção de sua posição numa possível tentativa de reeleição, em favor de uma nova gestão a partir do pleito marcado para quinta-feira próxima. “Nada melhor que num bom momento para que isso aconteça”. Enfatizando ainda que “é quando as coisas se mostram favoráveis, promissoras, que devemos aproveitar esse entusiasmo para motivar e oportunizar a aproximação de outras pessoas a participarem da vida do Clube mais diretamente. Isso fortifica o Brasil”.

Ao longo desses quatro anos, se destaca como principais feitos no Conselho Deliberativo o registro do Estatuto do Grêmio Esportivo Brasil e suas adequações ao PROFUT, formação da Comissão de Obras e auxilio direto em suas ações; permanente atualização dos conselheiros acerca das coisas do xavante, através de reuniões periódicas e a constante atuação participativa junto à diretoria executiva, dando suporte a que esta pudesse desempenhar seu trabalho com autonomia de acordo com a ordem estatutária vigente.

Com a serenidade como lema, Adriano encerra dizendo: “Foi um período muito gratificante, principalmente por podermos servir ao Clube e termos, de certa forma, contribuído para o seu engrandecimento. Mas não saio da trincheira, certamente continuo como soldado”. Ele se mantém como colaborador do GEB, especialmente no departamento jurídico, segmento do qual é egresso desde outras administrações rubro-negras.

Juntamente com a manutenção e renovação do quadro de conselheiros, a eleição da mesa diretora do Conselho Deliberativo está marcada para dia 15 de setembro de 2016 – quinta-feira -, no salão de honra do estádio Bento Freitas, com primeira chamada às 19h30 e segunda às 20h, e se destina também para a renovação do Conselho Fiscal, conforme edital com data de publicação em 10 de setembro, devendo as chapas dos interessados ser apresentadas no Clube na segunda-feira, dia 12.