Derrota injusta

Na noite desta sexta (16), o Brasil perdeu por 2 a 1 para o Criciúma no Bento Freitas, pela 26ª rodada da Série B do Brasileirão. Com um jogador a menos durante todo o segundo tempo, o Xavante saiu na frente com gol de Cirilo e criou chances para ampliar, mas sofreu a virada nos minutos finais. Thiago Humberto e Roberto marcaram a favor do Tigre. O próximo confronto do rubro-negro será no sábado (24), contra o Tupi, em Juiz de Fora, a partir das 18h30.

Logo aos três minutos, Raphael Silva assustou o Xavante ao cabecear no travessão de Eduardo Martini. Cinco minutos mais tarde, o Brasil respondeu na mesma moeda. Em cobrança de escanteio, Cirilo se antecipou ao goleiro e desviou de cabeça por cima da meta.

Aos 19, a melhor oportunidade da etapa inicial. Depois de arremesso lateral direto na área visitante, Ramon pegou a sobra e emendou uma pancada. A bola explodiu no travessão e quicou fora do gol, com Luiz já batido no lance.

Outro bom ataque rubro-negro aconteceu aos 28, quando Felipe Garcia finalizou de perna esquerda, com força. Luiz deu rebote, Ramon cruzou rasteiro e a zaga do Tigre salvou em cima da linha o que seria gol de Elias. Aos 36 minutos, Caíque Valdívia cabeceou para as redes Xavantes, mas já era flagrado em condição irregular pela auxiliar.

Já nos minutos finais, Diogo Oliveira recebeu o segundo cartão amarelo e acabou expulso de maneira polêmica pelo árbitro Marcos Mateus Pereira.  Nos acréscimos, Niltinho cobrou falta na direção do gol e obrigou Martini a fazer boa defesa.

Mesmo com um a menos, o time de Rogério Zimmermann começou o segundo tempo pressionando. Aos cinco, Marlon bateu falta e Leandro Camilo desviou. A redonda ia encobrindo Luiz, que voou para espalmar.  A blitz vermelha e preta continuou. Após mais dois escanteios afastado pela defesa catarinense, Cirilo subiu mais que todo mundo em cruzamento de Marlon para abrir o placar aos sete minutos, cabeceando no canto esquerdo: 1 a 0!

Com o gol sofrido, o Criciúma se mandou para o ataque na busca do empate. Mas quem ameaçou de verdade foi o Brasil. Elias invadiu a área e concluiu de esquerda, para fora, aos 16 minutos. Quando o relógio apontava 21, Ramon foi lançado por Marlon e ia saindo sozinho na cara do gol, mas a auxiliar assinalou impedimento duvidoso.

Aos 30, Marlon bateu escanteio com efeito e encobriu Luiz. Por um detalhe, no entanto, a bola carimbou o travessão e saiu. Muito bem postado defensivamente, apesar de ter um homem a menos, o Xavante impedia qualquer tipo de perigo a favor do Tigre. Aos 36, Adalgiso Pitbull arriscou de longe, mas sequer fez Martini trabalhar.

Aos 39 minutos, um lance de rara felicidade de Thiago Humberto decidiu a partida. Do meio da rua, o camisa 20 do Criciúma soltou uma pancada sem chances para Martini: 1 a 1. Na sequência, Cirilo cabeceou e quase desempatou. Mas aos 43, depois de confusão na área, Roberto virou a favor dos visitantes: 2 a 1. Agora, o foco está no jogo contra o Tupi, sábado (24), no estádio Mário Helênio em Juiz de Fora.

Ficha técnica: 

Brasil: Eduardo Martini; Weldinho, Leandro Camilo, Cirilo e Marlon; Leandro Leite, Washington (Marcos Paraná), Felipe Garcia, Diogo Oliveira e Elias (Gustavo Papa); Ramon (Nathan). Técnico: Rogério Zimmermann. 

Criciúma: Luiz; Paulo Cézar (Adalgiso Pitbull), Raphael Silva, Diego Giaretta e Niltinho; Barreto; Roberto, Ricardinho, Felipe Guedes e Caique Valdívia (Thiago Humberto); Jheimy (Bruno Baio). Técnico: Roberto Cavalo. 

Gols: Cirilo aos 7min2T (B); Thiago Humberto aos 39min2T e Roberto aos 43min2 T(C). 

Cartões amarelos: Diogo Oliveira, Marlon e Leandro Leite (B); Paulo Cézar e Luiz (C). 

Cartão vermelho: Diogo Oliveira (B).

 

Brasil 1 x 2 Criciúma – 26ª Rodada – Brasileiro Série B – Fotos Carlos Insaurriaga e Jonathan Silva

aimg_8741
aimg_0456
aimg_0416
aimg_0365
aimg_8722
aimg_8763
aimg_8784
aimg_8793
aimg_8776
aimg_8810
aimg_8819
aimg_8832