Primeiro ponto

Por Gustavo Pereira

Foi com um empate que o Brasil estreou no Campeonato Gaúcho 2017. Neste domingo (29), a equipe rubro-negra ficou no 0 a 0 com o Juventude, no estádio Alfredo Jaconi em Caxias do Sul. Já na próxima quarta (1º), o Xavante entra na disputa da Primeira Liga, às 19h30, contra o Internacional no Beira-Rio. O estadual volta no domingo (5), às 18h. No Bento Freitas, o adversário será o Cruzeiro.

Com a bola rolando, o Juventude ameaçou a meta defendida por Eduardo Martini logo aos cinco minutos, quando Felipe Lima finalizou de primeira dentro da área, alto demais. Pouco a pouco, o Brasil cresceu na partida, e respondeu aos 19. Acionado por Lenílson na esquerda, Jean Silva cortou para o meio e concluiu forte, parando no goleiro Douglas. No minuto seguinte, Aloísio pegou sobra de escanteio, mas pegou mal e errou a batida.

Aos 28, Gustavo Papa se sentiu mal devido a uma cotovelada sofrida logo no primeiro minuto e precisou ser substituído por Bruno Lopes. Mais tarde, quando o equilíbrio era a tônica do confronto, o Xavante viveu ótimo momento e por pouco não abriu o placar. Primeiro, Nem cabeceou após escanteio cobrado por Marlon e parou em grande defesa do goleiro. Em seguida, Aloísio puxou contragolpe e mandou para Bruno Lopes, que tentou cavadinha e tocou por cima do gol. Na sequência, Aloísio soltou uma bomba de longe e assustou Douglas outra vez.

Para a etapa final, Rogério Zimmermann trocou Nem, que já havia recebido cartão amarelo, por Galiardo. A primeira boa chegada surgiu aos 18 minutos, com Aloísio. O meia pegou rebote na área e teve chute desviado rumo a linha de fundo. Depois, Leandro Leite interceptou contra-ataque dos donos da casa e a redonda chegou aos pés de Lenílson. O camisa 10 deu bom drible e bateu firme, para nova boa intervenção de Douglas.

A partir daí, o Juventude cresceu no jogo. Com 25 minutos no relógio, o lateral Pará cobrou falta frontal com força, e Eduardo Martini salvou o Brasil. Logo em seguida, o mesmo Pará apareceu novamente, desta vez arrematando para fora. Aos 31, em escanteio, Anderson Marques empurrou para as redes rubro-negras, mas já era flagrado em condição irregular na pequena área. Aos 42, Martini defendeu finalização difícil de Lucas, e Hugo mandou o rebote sem direção. No apito final, a confirmação de um importante ponto conquistado para iniciar o Gauchão.


Ficha técnica:

Juventude: Douglas; Bruno Ribeiro, Anderson Marques, Ruan Renato e Pará; Wanderson, Lucas, Murilo (Caprini), Wallacer (Hugo) e Felipe Lima; Caion (Sananduva). Técnico: Paulo César Parente.

Brasil: Eduardo Martini; Éder Sciola, Cirilo, Leandro Camilo e Marlon; Leandro Leite, Nem (Galiardo), Lenílson, Aloísio (Wender) e Jean Silva; Gustavo Papa (Bruno Lopes). Técnico: Rogério Zimmermann.

Cartões amarelos: Ruan Renato e Pará (J); Nem e Cirilo (B).

Juventude 0 x 0 Brasil – 1ª Rodada – Campeonato Gaúcho 2017

zIMG_5867
zIMG_2974
zIMG_2831
zIMG_2806
zIMG_2937
zIMG_2836