Derrota na capital

Por Gustavo Pereira

Na noite desta segunda-feira (20), o Brasil perdeu por 2 a 1 para o São José, no estádio Passo D’Areia, em Porto Alegre, pela oitava rodada do Campeonato Gaúcho. Com o resultado, a equipe rubro-negra cai uma posição e fica em 9º lugar, com oito pontos ganhos. Na próxima rodada, a antepenúltima, o adversário Xavante é o Caxias, às 20h30 de quinta (23), no Bento Freitas.

No começo do jogo, que teve portões fechados, Gustavo Papa cabeceou após levantamento de Tiago Silva e o goleiro Fábio defendeu, aos cinco minutos. Os donos da casa responderam em seguida com chute de Rafinha para fora. Com 18 no relógio, o São José saiu na frente. Mas com erro de arbitragem. Rafinha bateu falta e Claudinho apareceu por trás da zaga rubro-negra, em condição irregular. O zagueiro desviou e abriu o placar.

Sem alterações para a etapa final, o Brasil logo sofreu outro gol. Antes, porém, Tiago Silva acionou Lenílson na área e o meia cruzou, para corte providencial da defesa. Na sequência, aos dez, Rafinha recebeu de Clayton na intermediária e acertou um chute indefensável: 2 a 0. Logo depois, Rogério Zimmermann mandou Bruno Lopes e Rodrigo Silva a campo, substituindo Nem e Gustavo Papa.

As mexidas, somadas a desvantagem no marcador, fizeram com que o Xavante passasse a ocupar mais o campo adversário. A primeira chegada com perigo foi protagonizada justamente por Rodrigo Silva. O camisa 19 cruzou rasteiro e Bruno Lopes desviou. O atacante não viu que Marcinho estava pronto para arrematar, cara a cara. Mais tarde, João Afonso conduziu pelo meio e arriscou de longe, à direita de Fábio.

A chance mais clara da partida aconteceu aos 32 minutos. Em cobrança de falta frontal e próxima a área, Rodrigo Silva mandou rasteiro, no canto do goleiro, e a bola acertou o pé da trave. A única defesa de Eduardo Martini no jogo foi aos 35, quando Jô bateu e o arqueiro vermelho e preto defendeu com o pé.

No fim, após Fábio fazer milagre em chute de Marcinho à queima-roupa, o Brasil descontou. Aos 42 minutos, o capitão Leandro Leite aproveitou confusão na área depois de escanteio e cabeceou para anotar o primeiro gol com a camisa Xavante, em 249 jogos. Foram acrescentados cinco minutos ao tempo regulamentar, mas os comandados de Rogério Zimmermann não conseguiram o empate. Agora, não há tempo para lamentar. Retornando da capital, a equipe já pensa no duelo fundamental diante do Caxias, nesta quinta (23), na Baixada, para tentar voltar ao G8 do Gauchão.

Ficha técnica: 

São José: Fábio; Bindé, Claudinho, Wagner e Dudu; Alberto, Guedes, Jô (Márcio Jonatan), Clayton (Marcel) e Rafinha; Paulinho (Cláudio Maradona). Técnico: China Balbino.

Brasil: Eduardo Martini; Wender, Cirilo, Leandro Camilo e Tiago Silva; Leandro Leite, João Afonso, Marcinho, Lenílson (Jean Silva) e Nem (Bruno Lopes); Gustavo Papa (Rodrigo Silva). Técnico: Rogério Zimmermann.

Gols: Claudinho, aos 18min1T, e Rafinha, aos 10min2T (SJ); Leandro Leite, aos 42min2T (B)..

Cartões amarelos: Dudu e Jô (SJ); Tiago Silva, Leandro Camilo, Leandro Leite, Jean Silva e João Afonso (B).

 

São José 2 x 1 Brasil – 8ª Rodada – Gauchão 2017

aIMG_4995
aIMG_5090
aIMG_5120
aIMG_5031
aIMG_9692
aIMG_9774