PRÉ-JOGO: Goiás x Brasil

Por Gustavo Pereira

Dez dias depois de empatar com o Londrina, o Brasil volta a campo pela Série B para tentar conquistar o primeiro triunfo na competição e engatar uma boa sequência de resultados. Às 21h30 desta sexta-feira (26), o Xavante encara o Goiás, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela terceira rodada do campeonato nacional.

Em dois jogos, a equipe rubro-negra somou um ponto. O Esmeraldino disputou uma partida a mais, também tem um ponto e fica atrás do Brasil na tabela pelo critério do saldo de gols. A terceira jornada da Série B teve início na terça, com vitórias de CRB e Guarani sobre Santa Cruz e Figueirense, respectivamente.

Pablo dos Santos Alves (PB), auxiliado por Marcio Freire Lopes (PB) e Tomaz Diniz de Araujo (PB). Quarto árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO).

Os Xavantes que quiserem estar presentes na segunda partida do Brasil fora de casa nesta Série B podem comprar ingressos a partir das 19h30 de sexta, dia do jogo, nas bilheterias do Serra Dourada. Será destinada 10% da capacidade do estádio para os rubro-negros: 3800 lugares. Os ingressos custam 60 reais, com direito a meia-entrada para idosos e estudantes.

Rogério Zimmermann: ”A equipe que inicia é sempre a base do último jogo. Pequenas mudanças podem ocorrer, ou na maneira de atuar ou em nomes, mas isso é o treino que diz. Não tenho uma ideia pronta. Existem jogadores que chegaram há pouco tempo, por exemplo”.

”O Goiás está numa situação parecida com a do Brasil. É muito cedo para fazer qualquer projeção. É um clube que foi campeão estadual e tem uma das maiores folhas da Série B, tem poder de investimento”.

Evaldo: ”É importante observar o que fizemos nos dois primeiros jogos, claro que há coisas para serem arrumadas. O Rogério sabe como tirar proveito dessas coisas. Os jogadores que recém chegaram tiveram tempo para se entrosar com os que já estavam aqui, então acredito que vai acrescentar bastante na nossa equipe”.

Leandro Leite: ”Temos que estar melhor agora do que estivemos contra o Londrina. O período de adaptação para conhecer os novos jogadores é importante, são atletas de qualidade que vão nos ajudar para fortalecer o grupo e fazermos um grande Brasileirão”.

Bruno Lopes: ”Esse tempo de trabalho quando não tem jogo no final de semana é muito bom. Conseguimos nos preparar melhor, com mais treinamentos. Esperamos uma partida difícil, contra uma equipe que vai nos atacar. Precisamos analisar o jogo e atuar de acordo com o que o jogo impõe”.

2 jogos:
– 1 vitória do Brasil
– 1 empate

2 de setembro de 2016, pela Série B do Campeonato Brasileiro, no estádio Bento Freitas: Brasil 2×1 Goiás, gols Xavantes marcados por Felipe Garcia e Elias.