Não era o dia

Por Gustavo Pereira

Não era o dia do Brasil. Na tarde deste sábado (10), a equipe Xavante recebeu o Ceará no Bento Freitas, pela 6ª rodada da Série B do Brasileirão, e perdeu por 3 a 2. A partida foi extremamente movimentada. Quando perdia por 2 a 0, os comandados de Rogério Zimmermann buscaram o empate graças a dois gols do estreante Lincom, mas Rafael Carioca acertou um chute de rara felicidade no fim e deu a vitória aos visitantes.

A tabela da Série B segue totalmente embolada. O rubro-negro fica com oito pontos, no 11º lugar. Não há tempo para descansar, pois o mês de junho é cheio. Já na terça-feira (13), o Brasil enfrenta o Luverdense na Arena Pantanal, em Cuaibá, a partir das 21h30.

Com a bola rolando, o Brasil saiu atrás logo aos cinco minutos. Após cobrança de escanteio, Rafael Pereira cabeceou e abriu o placar a favor do Vozão. A partir daí, foram poucas as chances de gol até o intervalo. Mas todas do Brasil. Com boas jogadas pelos flancos, o Xavante levou perigo à meta de Éverson. As finalizações perigosas foram de cabeça: Bruno Lopes e Rafinha pararam no goleiro adversário.

Na volta dos vestiários, o rumo do duelo mudou. Aos 11 minutos, Marlon levantou na área e Lincom cabeceou forte, mas Éverson espalmou em cima da linha. Logo em seguida, veio um pesado castigo. Arthur invadiu a área vermelha e preta e concluiu forte, sem chances para Eduardo Martini, ampliando o marcador.

O segundo gol não abalou o Brasil. Marcinho, que substituiu Bruno Lopes, fez bela jogada individual pela direita e achou Wagner na marca do pênalti. O meia dominou e bateu de esquerda. Éverson, outra vez, evitou o tento rubro-negro. Aos 28, não teve jeito. Marlon conduziu pelo meio e descolou lindo passe em profundidade para Lincom. O atacante tirou do goleiro e tocou para diminuir: 2 a 1.

Apoiado pelo caldeirão, o Xavante buscou o empate. O relógio apontava 35 minutos. Marlon cobrou falta, Evaldo cabeceou e Éverson realizou grande defesa. No rebote, Lincom estava atento para cabecear no contrapé do arqueiro e deixar tudo igual: 2 a 2. Tudo se encaminhava para a conquista de pelo menos um ponto, mas Rafael Carioca acertou um chute no cantinho aos 45 minutos para dar a vitória ao Ceará. Não era o dia. Hora de pensar só no Luverdense.

Ficha técnica:

Brasil: Eduardo Martini; Wender, Leandro Camilo, Evaldo (Teco) e Marlon; Leandro Leite, João Afonso, Bruno Lopes (Marcinho), Wagner e Rafinha (Elias); Lincom. Técnico: Rogério Zimmermann.

Ceará: Éverson; Tiago Cametá, Rafael Pereira, Luiz Otávio (Valdo) e Romário; Raul, Richardson, Felipe Menezes (Jackson Caucaia), Rafael Carioca e Roberto; Arthur (Wallace Pernambucano). Técnico: Givanildo Oliveira.

Gols: Lincom, aos 29 e 35min2T (B); Rafael Pereira, aos 5min1T, Arthur, aos 16min2T, e Rafael Carioca, aos 45min2T (C).

Cartões amarelos: Leandro Leite (B); Romário, Felipe Menezes e Rafael Carioca (C).

 

Brasil 2 x 3 Ceará – 6ª Rodada – Brasileiro Série B – Fotos Carlos Insaurriaga e Jonathan Silva