Com a cara do Brasil

Por Jonathan Silva

Foi um Brasil tipicamente rubro-negro em campo, na noite desta sexta (4), em Criciúma. Sem dar espaços para o adversário, brigando por cada bola, guerreando por cada espaço, o time do técnico Clemer venceu os donos da casa por 2 a 1. Lincom e Éder Sciola marcaram os gols Xavantes no estádio Heriberto Hulse. O jogo marcou a última rodada do primeiro turno da Série B. Agora, o time pelotense volta a campo diante da Maior e Mais Fiel, quando, na próxima sexta (11), enfrentará, no estádio Bento Freitas, o Guarani, na abertura do returno do campeonato nacional.

Antes mesmo da bola rolar, o Brasil mostrava que é forte e jamais joga sozinho. Nas arquibancadas do estádio Heriberto Hulse, uma boa presença dos torcedores, que se deslocaram de diversos cantos para apoiar o rubro-negro. E tamanho apoio foi correspondido em campo. Logo aos 12 minutos da etapa inicial, Marcinho invadiu a área, cruzou rasteiro procurando Lincom. A bola passou pelo centroavante rubro-negro, que não desistiu, foi atrás dela e escorou para cruzamento de Itaqui. A bola achou Marcinho, que na segunda trave, cabeceou e viu a bola beijar o lado de fora da rede do Criciúma.

Aos 31, porém, a bola teve o destino certo. E ela chegou às redes de um jeito fantástico. Em contra-ataque, Éder Sciola tocou para Lincom, o centroavante serviu de garçom e presenteou Juninho. Ele invadiu a área e bateu para o gol. Se no primeiro lance, o goleiro Luiz fez um milagre e evitou o gol, no rebote, não parou Lincom. Ele dominou, ajeitou e mandou um foguete no ângulo esquerdo do goleiro do Criciúma. Bola no fundo da rede. Um golaço. Brasil 1 a 0.

Lincom acertou uma bomba no ângulo para abrir o placar. Foto: Carlos Insaurriaga
Lincom acertou uma bomba no ângulo para abrir o placar. Foto: Carlos Insaurriaga

E na primeira etapa, o placar poderia ter sido maior para o rubro-negro. Aos 38, Breno lançou Juninho, que invadiu a área e bateu para novo milagre de Luiz.

Os lados foram alterados, o árbitro apitou e o segundo tempo começou no Heriberto Hulse e foi o Brasil quem novamente balançou o barbante. Aos 9 minutos, depois do time do técnico Clemer trocar diversos passes, a bola achou Marcinho, na entrada da área, o atacante gingou, girou para cima do marcador e, feito um maestro, deixou Éder Sciola na cara do gol. O lateral Xavante estufou o peito, olhou com a cara fechada para Luiz e mandou um foguete rasteiro para sacudir as redes e a Maior e Mais Fiel. Brasil 2 a 0.

Comemoração após o bonito gol de Éder Sciola, que colocou o 2 a 0 no placar. Foto: Carlos Insaurriaga
Comemoração após o bonito gol de Éder Sciola, que colocou o 2 a 0 no placar. Foto: Carlos Insaurriaga

Aos 23, o gol do Criciúma. Silvinho cruzou para a área, Teco tentou desviar e acabou encontrando o gol de Marcelo Pitol. Nem isso abalou o Brasil, tampouco desviou o foco dos rubro-negros. O time do técnico Clemer seguiu bravo, aguerrido, lutador e com a clareza de que a vitória era Xavante. E ela quase foi maior ainda. Aos 33, Juninho fez boa jogada e bateu para defesa de Luiz. Aos 44, Leandro Leite deu um passe açucarado para Éder Sciola ir até a linha de fundo e cruzar na cabeça de Marcinho. O atacante, na pequena área, cabeceou por cima do gol do Criciúma.

Com a cara do Brasil, com muita luta e entrega dos jogadores, o rubro-negro venceu o Criciúma em Santa Catarina. O resultado deu o 24° ponto à equipe pelotense na competição nacional. Agora, o time do técnico Clemer foca suas atenções para o segundo turno da Série B. Na próxima sexta (11), no Bento Freitas, o Brasil enfrentará o Guarani. A certeza de muita entrega dos jogadores e apoio de uma torcida incomparável: a Maior e Mais Fiel.

Ficha técnica:

Brasil: Marcelo Pitol; Éder Sciola, Leandro Camilo, Teco e Breno; Leandro Leite, João Afonso (Ednei), Itaqui (Nem), Marcinho e Juninho; Lincom (Misael). Técnico: Clemer.

Criciuma: Luiz; Diogo Mateus, Nino, Edson Borges e Márcio Goiano; Jonatan Lima (Erick Flores), Ricardinho, Silvinho, Caio Rangel (Fabinho Alves/Alex Maranhão) e Douglas Moreira; Lucão. Técnico: Luiz Carlos Winck.

Gol: Lincom, aos 31min1T, e Éder Sciola, aos 9min2T (B); Teco, contra, aos 23min2T (C).

Cartões amarelos: Marcinho, João Afonso e Leandro Leite (B); Jonatan Lima e Édson Borges (C).

Criciúma 1 x 2 Brasil – 19ª Rodada – Fotos Carlos Insaurriaga

aIMG_0989
aIMG_1056
aIMG_1070
aIMG_1088
aIMG_1098
aIMG_1114
aIMG_1135
aIMG_1143
aIMG_1202
aIMG_1236